quarta-feira, 27 de maio de 2009

Inedito, textual e entre aspas

Dos ex-Ministros Lampreia e Ricupero: "A derrota da ministra (do Supremo) Ellen Gracie para uma vaga na OMC (Organização Mundial do Comércio) revela a falta de estrategia do Itamarati". Leia-se: Celso Amorim.

Do deputado Arnaldo Madeira criticando (justamente) seu proprio partido: "No programa do PSDB, destaque para o voto distrital. Agora, por oportunismo, defendem o voto de lista". Inacreidtavel: o VOTO DE LISTA é a maior traição à democracia.

De Lula: "No governo da Dilma serei presidente da Petrobras". Repetido (publiquei ontem) para mostrar o esforço visivel do presidente de tentar viabilizar o inviavel.

4 comentários:

  1. Carlos Almeida Przybylski27 de maio de 2009 15:54

    Lampreia..especialista em tirar sapatos, ....Recupero, mostrou o que é no famoso " o que é ruim a gente esconde"não tem moral para observações sobre outros....Amorim, tirou o Iramaraty do alinhamento automático e deu visibilidade ao Brasil , então ofuscado....Madeira, juro que pensei que tinha morrido, até pensei na lápide " Aqui jaz um inutil" ....Dilma Roussef, já passou dos 20%, isto há um ano e meio das eleições.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo Souza Gomes27 de maio de 2009 19:39

    Madeira só está cumprindo a obrigação dele.Ele é do lado de Alckmin e por isso que a árvore dele pode ser derrubada por um(a) Serra que é o dono da lista.

    ResponderExcluir
  3. Peroba nelles!!

    Começou o festival dos Cara-de-Pau!!

    O ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos voltou a afirmar nesta quarta
    que o mensalão, um esquema de pagamento de propina a parlamentares em troca
    de apoio ao governo no Congresso Nacional, não existiu. Já o deputado Aldo Rebello disse: "Enquanto fui líder do governo, enquanto fui ministro, nunca ouvi de nenhum
    jornalista, de nenhum deputado, ou de ninguém, algo relacionado com um esquema
    que desse dinheiro a deputados ou a partidos para votar favoravelmente a propostas
    do governo. Isso eu nunca ouvi falar. Para mim, pelo menos, ele [mensalão]
    nunca existiu", disse. Com relação a Papai-Noel, ambos disseram que ainda acreditam no bom velhinho......PEROBA NELLES!!!

    Adonias Mangueira Fernandes
    São Paulo - SP

    ResponderExcluir
  4. Perdeu porque não tinha competência para o cargo. No STF já é discutível.

    marcos

    ResponderExcluir